Volta dos Beatles, fim do sonho

A morte de George Harrison pôs fim ao sonho sobre uma possível volta dos Beatles, conforme informou hoje John Chambers, diretor da Liverpool Beatles Appreciation Society.Segundo Chambers, "até agora existia a esperança de uma reunião do grupo com participação de Julian Lennon no lugar de seu pai John Lennon". Mas, com a morte de George Harrison, "esse sonho chegou realmente ao fim", completou Chambers. Este ano, Harrison relançou seu antológico All Things Must Pass (70), preparava-se para colocar nas lojas seu primeiro disco de estúdio desde 1987. Especula-se que uma das faixar deste novo disco teria a participação de Paul McCartney e Ringo Starr, o que marcaria o início de um projeto maior dos três ex-Beatles de lançar um álbum inteiro juntos com material inédito de John Lennon - uma provável continuidade do projeto Anthology. Agora, mais do que nunca, faz sentido a afirmação de Marco Antônio Mallagoli, presidente do Revolution, um dos maiores fã-clubes brasileiros dos Beatles, feita dois meses antes da morte do ex-Beatle: "A gravadora não deixará passar o Natal sem o disco de George. É uma época importante para lançamentos". Leia mais sobre os planos de Harrison

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.