Divulgação
Divulgação

Vocalista do Pretenders é criticada ao dizer que foi culpada do estupro que sofreu aos 21 anos

Chrissie Hynde foi criticada por grupos de apoio a vítimas de violência sexual

O Estado de S.Paulo

31 Agosto 2015 | 16h45

Chrissie Hynde, vocalista da banda Pretenders, foi criticada por grupos de apoio a vítimas de violência sexual ao alegar que foi culpada do estupro que sofreu quando tinha 21 anos. "Se ando discretamente e um homem me ataca, diria que a culpa é dele. Mas, se estou numa atitude provocante, então estou estimulando alguém que já é descontrolado", disse a roqueira ao Sunday Times.

A declaração foi condenada pela entidade Victim Support, que defende que as vítimas não podem ser culpadas dos atos de violência sexual. "É fundamental que nada impeça vítimas de irem até a polícia ou a organizações independentes obter apoio", disse Lucy Hastings, diretora da entidade.

 

Mais conteúdo sobre:
música

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.