Viper volta se reunir depois de 5 anos

A separação foi silenciosa, melancólica. Não houve brigas entre os integrantes , tampouco disputas pelo nome da banda. Não houve sequer um fim anunciado. Em 1996, o Viper, um dos mais famosos grupos do heavy metal brasileiro, entrava em hibernação. Este mês, a banda retorna para um show único no Directv Music Hall que poderá ser o início de uma nova turnê. Os amigos de infância Felipe Machado (guitarra), Pit (vocal e baixo) e Yves Passarell (guitarra) acabaram seguindo caminhos diversos com o fim da banda. Machado se tornou jornalista, Pit continuou compondo e Yves lançou até um livro em 99, Temporada na Estrada, no qual narra as aventuras da banda em excursões pelo mundo.Os motivos da dissolução foram problemas com a gravadora na época, a Castle, que faliu. O sexto álbum da banda, Tem Pra Todo Mundo, acabou sendo prejudicado pela pendenga. "Isso tudo gerou um marasmo que provocou o fim", lembra Machado. Isso depois de terem conquistado o Japão, um mercado generoso com o metal. "As pessoas nos perguntavam por que a banda tinha acabado e não sabíamos responder", diverte-se Machado. A resposta veio com a volta do grupo, bem mais pesado, diga-se. O baterista Guilherme Martin reassumiu as baquetas e trouxe uma pegada mais hardcore.Novidades, por enquanto, apenas as músicas Instinto Selvagem, que será transcrita para o inglês, e o rock básico de Not Ready to Get Up, que irá abrir espaço para uma homenagem a Joey Ramone, morto no mês passado. Os "velhos" fãs, porém, não precisam se preocupar: lá estarão as cavalgadas de baixo à la Iron Maiden, as passagens e vocalizações inspiradas em músicas eruditas e as baladas com direito a dedilhados de guitarra. Living for the Night, Spreading Soul, Rebel Maniac, Prelude to Oblivion, a cover I Fought the Law, de Sonny Curtis, famosa nas versões de Bobby Fuller Four e The Clash, são algumas canções que farão parte do show.Viper - Directv Music Hall (Av. dos Jamaris, 213, tel.: 3177-3663). Dia 24 de maio, às 21 h. Ingresso R$ 20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.