Denis Balibouse/ Reuters
Denis Balibouse/ Reuters

Violoncelista Yo-Yo Ma oferece canções de esperança em disco com a pianista Kathryn Stott

Álbum 'Songs of Comfort and Hope' é dedicado a todas as pessoas que estão passando por tempos difíceis; ouça

Alicia Powell, Reuters

10 de dezembro de 2020 | 08h23

O violoncelista Yo-Yo Ma e a pianista Kathryn Stott juntaram forças pela terceira vez em Songs of Comfort and Hope, disco dedicado a todas as pessoas de todo o mundo que estão passando por tempos difíceis.

O álbum, que será lançado na sexta-feira, começa respaldando o movimento Black Lives Matter com Ol’ Man River.

Entre as outras faixas estão Somewhere Over the Rainbow, Moscow Nights, Waltzing Matilda e a canção de ninar sul-africana Thula Baba.

“Todas estas canções têm um significado específico para pessoas de lugares diferentes”, disse Ma, observando que a pandemia de coronavírus é uma experiência global.

“Esperamos que isto seja... uma maneira de tocar os corações e as lembranças das pessoas e... meio que ir fundo e depois nos trazer de volta para fora.”

Em novembro, Yo-Yo Ma e Stott se apresentaram em Taiwan sob restrições rigorosas impostas pela pandemia, que ele descreveu como surreal.

“Vou direto do quarto para o carro, para os bastidores, para o palco, e depois volto direto. Sim, você não vê ninguém, não fala com ninguém. É muito esquisito”, comentou.

“E depois você entra em um salão, tem uns 5 mil assentos e as pessoas, todos estão de máscaras e estão sentados juntos. É muito especial.”

 

Tudo o que sabemos sobre:
Yo Yo Mamúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.