Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Frank Micelotta/MTV/The New York Times
Frank Micelotta/MTV/The New York Times

Violão de Kurt Cobain é leiloado por US$ 6 milhões, um recorde

Instrumento foi usado na gravação do disco 'MTV Unplugged', em novembro de 1993, cinco meses antes da morte do vocalista do Nirvana

Redacão, AFP

21 de junho de 2020 | 12h43

O violão usado por Kurt Cobain na gravação do MTV Unplugged do Nirvana, em 1993, foi vendido no sábado em um leilão organizado pela casa Julien's por seis milhões de dólares, um recorde para o instrumento.

O comprador é o empresário australiano Peter Freedman, fundador da empresa Røde Microphones, informou a Julien's em um comunicado.

O empresário afirmou que pretende exibir o instrumento em várias cidades do mundo, com a renda revertida para mundo da cultura.

O preço, de 5 milhões de dólares e que subiu a 6,01 milhões após as taxas e comissões, superou amplamente a estimativa inicial da Julien's, que fixou o ponto de partida do leilão em US$ 1 milhão.

Até o momento, a guitarra mais cara da história era uma Fender Stratocaster, batizada "Black Strat", usada pelo guitarrista do grupo britânico Pink Floyd, David Gilmour.

O instrumento foi vendido pelo músico por 3,975 milhões de dólares, em um leilão organizado em junho de 2019 pela Christie's com renda destinada a obras de caridade.

O violão de Kurt Cobain vendido no sábado é um modelo raro, o D-18E fabricado pela americana Martin e do qual existem apenas 302 exemplares.

A apresentação acústica do Nirvana durante a gravação da popular série "MTV Unplugged" em 18 de novembro de 1993 se tornou o que é considerado um dos maiores álbuns ao vivo da história.

A performance aconteceu menos de seis meses antes do suicídio, em 5 de abril de 1994, de Kurt Cobain.

O violão foi vendido com seu estojo, personalizado por Cobain.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Kurt CobainleilãoNirvana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.