Vida de ex-vocalista do Inxs será levada para o cinema

A vida do cantor australiano Michael Hutchence, ex-vocalista do grupo INXS, será levada às telas do cinema por produtores de Hollywood, nove anos após sua morte, segundo informou o jornal inglês Daily Mirror.O projeto cinematográfico, que ainda não possui um título definitivo, ficará a cargo do diretor Nick Egan, amigo pessoal do polêmico cantor, autor da capa do álbum X do INXS e diretor de vários clipes da banda durante os anos 90.Hutchence, que se suicidou em novembro de 1997, em um hotel de Sydney, Austrália, após consumir alta dose de drogas, manteve relações amorosas com a vocalista Kylie Minogue, com a modelo Naomi Campbell e com a apresentadora de televisão Paula Yates, com quem teve uma filha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.