Vicente Barreto lança compilação de sua obra

Com sete discos de carreira lançados, em 21 anos de produção musical ininterrupta, o compositor Vicente Barreto sai este mês com a primeira compilação de suas obras. Intitulado O Melhor de Vicente Barreto 1 (Dabliú Discos), o álbum traz 14 composições. Nesta quinta-feira, no Teatro do Sesc Pompéia, ele reapresenta as canções ao público. Vicente Barreto, nestas duas décadas, escreveu canções de excelente qualidade musical. No entanto, seu rosto não é costumeiramente veiculado pois geralmente ele figura apenas como parceiro. E sua lista de colaborações é extensa. Inclui Tom Zé, Celso Viáfora, Paulo C. Pinheiro, Chico César e Paulinho Pedra Azul. Neste disco, concentrou-se principalmente em seu violão, na batida de sua mão direita, que é das mais peculiares da MPB. São versões econômicas, de arranjos simples e funcionais. Um disco de compositor. Das canções que escreveu em parceria com Viáfora, estão presentes na coletânea A Notícia, Por Um Fio e A Cara do Brasil, também gravada por Ney Matogrosso. De seu trabalho com Tom Zé, intensificado recentemente e que pode ser conferido em Com Defeito de Fabricação e em Jogos de Armar ? Faça Você Mesmo, os últimos trabalhos do mago de Irará, escolheu Hein?!. Tropicana, sucesso dele na voz de Alceu Valença, Talvez Você, dele e Chico César e Na Volta que o Mundo Dá, com letra de Paulo César Pinheiro, fecham a lista de ilustres colaborações. O álbum traz também os trabalhos que desenvolveu com o letrista Costa Netto, seu parceiro fixo, inclusive a inédita Cisma, que concorreu ao Festival da Globo mas não foi muito longe. Quem não conhece o trabalho de Vicente Barreto pode aproveitar a coletânea e este show para satisfazer a curiosidade. Os que acompanham seus passos, podem, no mínimo, comparar as versões. Nesse aspecto, vale dizer, Barreto não fez melhor que seus parceiros. Porém, deve-se excluir dessa lista A Notícia, que interpretada de forma econômica, voz e violão, ficou ainda mais expressiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.