AFP
AFP

Versão de astronauta para 'Space Oddity' volta ao YouTube

Com aprovação de David Bowie, música retorna à web depois de ter alcançado mais de 23 milhões de visualizações em 2013; veja

Abby Phillip, The Washington Post

05 de novembro de 2014 | 09h42

Os fãs de Space Oddity já podem comemorar. O impressionante cover da famosa música de David Bowie, feito pelo astronauta canadense Chris Hadfield, está de volta à internet. O vídeo havia sido removido do YouTube depois de ter alcançado mais de 23 milhões de visitas. Nele, Hadfield aparece tocando e cantando a canção no espaço, dentro da Estação Espacial Internacional. Supostamente, foi o primeiro vídeo musical já gravado fora do nosso planeta.

Hadfield tinha um acordo de um ano com Bowie para que o vídeo ficasse no ar depois de seu lançamento, em 2013. Depois de o prazo ter se expirado, o vídeo basicamente desapareceu - ainda que, como tudo na internet, se você fosse hábil, seria capaz de encontrá-lo.

Agora, Hadfield assinou um acordo de dois anos com Bowie para republicar o histórico e adorado cover.

Em publicação na sua página na web, Hadfield ressaltou que o vídeo foi postado em 2013 com a permissão de Bowie, destacando que o cantor e seus representantes haviam sido gentis durante todo o processo. O vídeo foi removido em maio, quando o prazo contratual de um ano venceu.

“Apesar das incontáveis expressões de frustração e desejo das pessoas na internet, não foi por má vontade ou inveja de ninguém que o vídeo acabou ficando fora do Youtube”, escreveu o astronauta. “Foi simplesmente a consequência natural do processo.”

Na verdade, Bowie já havia elogiado o cover em 2013, chamando-o de “possivelmente a versão mais incisiva já criada de Space Oddity”. Depois de meses de negociação e discussões legais sobre direitos autorais no espaço, eles chegaram a um acordo.

“Foram várias as razões pelas quais fizemos o vídeo. Foi uma resposta a pedidos insistentes de usuários nas redes sociais. Foi um projeto divertido de sábado com meu filho, Evan. Foi uma continuidade de outras músicas que eu andava tocando a gravando a bordo da Estação Espacial Internacional. Mas, mais importante, foi a chance de mostrar às pessoas como é nossa vida nas missões espaciais”, explicou Hadfield. “Estamos orgulhosos de ter ajudado a transportar a genial canção de Bowie de 1969 ao próprio espaço em 2013, e de agora para todo o sempre”, completou.

Tudo o que sabemos sobre:
Space OddityDavid BowieMúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.