Venezuelano será o diretor da Filarmônica de Los Angeles

O jovem maestro venezuelano Gustavo Dudamel, de 26 anos, será o novo diretor da Filarmônica de Los Angeles a partir de 2009. Ele substituirá o atual ocupante do cargo, o finlandês Esa-Pekka Salonen, que resolveu deixar a orquestra para dedicar-se mais à carreira de compositor. Dudamel é o diretor da Sinfônica Jovem Simón Bolívar, orquestra de um projeto de educação musical criado na Venezuela. Com ela, lançou no ano passado seu primeiro disco, com sinfonias de Beethoven, elogiado pela crítica e por maestros como Claudio Abbado, Daniel Barenboim e Simon Rattle, atual diretor da Filarmônica de Berlim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.