EFE/Joerg Carstensen / Nina Prommer
EFE/Joerg Carstensen / Nina Prommer

'Venerados' compositores Ennio Morricone e John Williams ganham o Princesa das Astúrias

'Entre suas obras estão algumas das composições musicais mais icônicas a sétima arte, que já fazem parte da imaginação coletiva', escreveu o júri em sua decisão

Agências, AFP

05 de junho de 2020 | 16h57

Criadores das trilhas sonoras icônicas de Três Homens em Conflito ou Star Wars, Ennio Morricone e John Williams ganharam nesta sexta-feira, 5, o prêmio Princesa das Astúrias das Artes, por serem "dois dos compositores vivos mais venerados" do mundo.

"Entre suas obras estão algumas das composições musicais mais icônicas a sétima arte, que já fazem parte da imaginação coletiva", escreveu o júri em sua decisão, virtual devido à pandemia que atingiu fortemente a Espanha.



O das Artes é o segundo dos prêmios internacionais considerados os mais prestigiosos do mundo iberoamericano, concedido anualmente pela Fundação Princesa das Astúrias.

São oito prêmios no total, concedidos este ano no ritmo de dois por semana, que honram pessoas ou instituições destacadas mundialmente em áreas que vão da pesquisa científica aos esportes, passando pelas letras e pela concórdia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.