Damian Dovarganes/ AP
Damian Dovarganes/ AP

Venda de discos de Etta James cresce 378% após sua morte

Álbum de melhores sucessos da cantora teve 8 mil cópias adquiridas em uma semana

estadão.com.br,

26 de janeiro de 2012 | 13h20

SÃO PAULO - As vendas de discos de Etta James aumentaram 378% após sua morte na semana passada, informou a revista Billboard nesta quarta-feira, 25. O álbum mais vendido da carreira da cantora, The Best of Etta James, subiu da posição 162 para a 46ª colocação, com 8 mil cópias comercializadas em apenas uma semana, de acordo com a Nielsen SoundScan, termômetro das paradas musicais norte-americanas.

 

A cantora também entrou para o ranking das 100 músicas mais tocadas com At Last, que ocupou o 96º lugar da lista da Billboard. A canção é até hoje a que alcançou lugar mais alto nas paradas na carreira de Etta James, com a posição de número 47 em 1961. At Last foi a música mais vendida da semana, com 63 mil downloads.

 

O ranking da última semana foi encerrado no último domingo, 22, apenas dois dias após a morte da cantora, aos 73 anos, em decorrência de uma leucemia.

 

Etta James foi uma das maiores cantoras de R&B dos século passado nos Estados Unidos. Seu trabalho influenciou grandes cantoras, como Tina Turner, Janis Joplin, Diana Ross e Amy Winehouse.  Ao longo da carreira, ganhou quatro prêmios Grammy. Em 1993, ela foi incluída no Rock and Roll Hall of Fame e, em 2001, seu nome entrou na galeria do Rhythm and Blues Hall of Fame.

 

(Com Jotabê Medeiros)

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Etta JamesAt Last

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.