Velvet Revolver leva órfãos do Guns´n Roses ao delírio

O Velvet Revolver entrou no palco do Morumbi nesta quinta-feira à noite para abrir o show do Aerosmith enlouquecendo a platéia formada por muitos fanáticos pelo Guns N´Roses, a banda em que três integrantes do Velvet - Slash, Duff McKagan e Matt Sorum - tocavam liderados pelo vocalista Axl Rose. O performático vocalista do Valvet, Scott Weiland, ex-Stone Temple Pilots, abriu o show de óculos escuros cantando Let it Roll. Para desespero dos fãs afoitos por Slash, os telões nas laterais do palco não chegaram a mostrar a atuação do guitarrista nas primeiras duas musicas (Let it Roll e Do it for the Kids). Alguns já começavam a reclamar aos gritos. Foi apenas em Suckertrain Blues que a vasta cabeleira do guitarrista apareceu. A galera foi ao delírio.Apesar da longa fila que se formava em frente ao Estádio do Morumbi desde a manhã, não houve tumultos durante abertura do portões, por volta das 17 horas. Faltando 10 minutos para ter inicio ao show, cambistas ainda vendiam ingressos para pista por R$ 100, "valor já com desconto". Camisetas do Aerosmith nas mais variadas estampas eram vendidas a R$ 25. Camisetas pretasUma chuva rápida caiu no inicio da noite, molhando a cabeleira armada de clones do guitarrista Slash e da legião de camisetas pretas que dominou todo o gramado do Morumbi. Muita gente desengavetou suas camisetas pretas só para ir ao show. Para não ficar de fora da moda básica show-de-rock, valia toda e qualquer estampa, desde que a camiseta fosse preta. Desde Aerosmith, atração principal da noite, a Iron Maiden e Guns´n Roses, passando até por Engenheiros do Havaí e do uísque Jack Daniel´s. O estudante Italo Bortolin, de 17 anos, pegou emprestada a camiseta preta do Guns de um amigo. Foi por acaso. Não era indício de uma predileção por Velvet ou Slash. "Quem veio aqui hoje gosta tanto de Aerosmith quanto de Velvet."Antes do inicio do show da banda Velvet Revolver, a organização ainda não tinha o número atualizado de público. Ate quarta-feira, as vendas giravam em torno de 55 mil ingressos. A expectativa era de que 70 mil pessoas lotassem o estádio. Segundo as policias Civil e Militar, até às 22h30, houve algumas ocorrências de furto, perda de documentos, porte de entorpecentes e desacato a autoridade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.