Divulgação/PRF
Divulgação/PRF

Velório do cantor Cristiano Araújo será realizado em Goiânia

Cantor e namorada morreram em um acidente de carro

Marília Assunção, O Estado de S. Paulo

24 de junho de 2015 | 11h33

GOIÂNIA - Ainda em choque com a morte do cantor sertanejo Cristiano Araújo, 29 anos, no início da manhã desta quarta-feira, 24, os familiares estão definindo o local do velório, que será em um ginásio de esportes ou em um centro cultural de Goiânia, cidade onde o cantor nasceu, em 1986. Os parentes aguardam a liberação do corpo pelo Instituto Médico-Legal para confirmar o local e o início da cerimônia de despedida do sertanejo que deixa milhares de fãs em todo o País. 

O pai do cantor, José dos Reis Araújo, irmãos, tios e outros parentes e amigos ficaram a manhã no Hospital de Urgências de Goiânia, para onde Araújo foi encaminhado com fraturas no crânio, tórax e abdome. Ele sofreu três paradas cardíacas dentro da ambulância do Corpo de Bombeiros, foi reanimado e transferido de helicóptero para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas chegou morto na unidade.

Assim como muitos artistas divulgaram notas lamentando a morte trágica do rapaz e da namorada, a jovem Alana Moraes, de 19 anos, o governador de Goiás, Marconi Perillo também divulgou uma nota: "Goiás e o Brasil perdem um cantor de refinado e profundo talento musical, que cultivava um carinho genuíno e sincero por seus seguidores, e um cidadão que se orgulhava de suas origens. Goiano autêntico, ele sempre prestigiou e divulgou Goiás em suas andanças". O cantor deixou dois filhos.

Na terça-feira, 23, Araújo veio com a namorada de shows na Bahia para se apresentar no Arraiá de Itumbiara, cidade no Sul de Goiás, a 200 quilômetros de Goiânia. Após esta apresentação, por volta das 3h00 eles retornavam com mais duas pessoas de carro, uma Range Rover, para Goiânia. O empresário e o segurança do cantor ficaram levemente feridos no acidente cujas causas ainda serão investigadas. Hoje, 24, Araújo se apresentaria em Caruaru (PE)  e no sábado em Fortaleza (CE).

O corpo da namorada do cantor estava no Instituto Médico Legal da cidade de Morrinhos, próxima do local do acidente, ocorrido na BR-153.

Mais conteúdo sobre:
Cristiano Araújomúsicamúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.