Valéria Gonçalvez / Estadão
Valéria Gonçalvez / Estadão

Veja repercussão da morte do produtor musical Miranda

Miranda morreu nesta quinta aos 56 anos

O Estado de S.Paulo

23 Março 2018 | 10h56

Um nome importante na cena musical brasileira, Carlos Eduardo Miranda, ou simplesmente Miranda, morreu aos 56 anos, nesta quinta-feira, 22, vítima de mal súbito, de acordo com as últimas informações.

** Miranda, o garimpeiro do som

Miranda nasceu em Porto Alegre e ganhou destaque na década de 1980. Ele trabalhou com bandas importantes do cenário do rock nacional como Skank, Raimundos e O Rappa. 

Veja a repercussão sobre a morte de Miranda:

 

 

 

Acabamos de saber da passagem de um grande cara. Esse aí da foto, cercado por discos foi responsável por algumas das coisas mais legais que já aconteceram na música brasileira contemporânea. Carlos Eduardo Miranda era antes de tudo um amante da arte. Jornalista, músico, produtor e mais do que tudo, um grande agitador cultural com uma grande importância na nossa carreira e de tantas outras bandas da nossa geração. Produziu o nosso Acústico MTV, um dos discos do qual temos mais orgulho e era grande parceiro do nosso também saudoso Tom Capone, com o qual já deve ter esbarrado noutro plano e deve estar pondo o papo em dia. Vai em paz, irmão, força pra sua família e fique com a certeza de que você não veio a este a passeio, sua obra por aqui é eterna!

Uma publicação compartilhada por O Rappa (@orappa) em

 

 

 

Meu querido amigo ... eu não acredito @minimundomini RIP Miranda....

Uma publicação compartilhada por velho ranzinza (@jgordo) em

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.