US$ 685 mil por um piano de Elvis

Um piano Knabe branco que pertenceu a Elvis Presley foi vendido esta semana por US$ 685 mil. O guitarrista e produtor musical Robert A. Johnson e seu sócio, Larry Moss, venderam a relíquia na segunda-feira para o empresário Michael Muzio. O comprador espera fazer uma turnê promocional do piano patrocinada por cassinos, e depois exibi-lo num museu do rock que está sendo planejado pela Disney World. Muzio ainda comprou outros objetos com status de história do rock, entre eles, uma guitarra que também pertenceu a Elvis. No total, ele gastou US$ 1,3 milhão. Um amigo do Rei do Rock, George Klein, disse que Elvis costumava tocar o piano em sua mansão em Graceland. A história da relíquia, segundo o especialista em objetos históricos John Heath, é a seguinte: Evis comprou o piano logo depois de adquirir a mansão. Ele o teria usado até 1969, quando sua mulher, Priscila Presley, lhe presenteou com um piano Steinway novo.

Agencia Estado,

09 de janeiro de 2003 | 20h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.