Fábio Motta/AE - Arquivo
Fábio Motta/AE - Arquivo

Uma noite para celebrar Elton Medeiros

Ao completar 80 anos, ele participa de show em sua homenagem no Instituto Moreira Salles

Roberta Pennafort ,

15 de novembro de 2010 | 17h05

No ano em que completou 80 anos (em julho), Elton Medeiros viu-se baqueado por problemas de saúde. Em março, sofreu um enfarte. Mês passado, para não perder a visão do olho esquerdo, submeteu-se a uma cirurgia de catarata e glaucoma. O compositor ainda está se recuperando. Mas hoje nada o tira do palco do Instituto Moreira Salles, no Rio, que programou o show Elton 80 para marcar a efeméride.

“Estou no ano mais difícil da minha vida em termos de saúde, não estou podendo ler, nem escrever”, contou, por telefone, na semana passada, ao voltar de uma consulta médica. “Eu não gosto de festejar aniversário, nunca gostei, desde criança. Meus amigos é que forçam a barra. E gosto de ter a certeza de que tenho amigos.”

Não são só os amigos, mas também os admiradores, que vêm promovendo tributos ao autor de clássicos do samba carioca como O Sol Nascerá, Peito Vazio, Injúria, Onde a Dor Não Tem Razão, Mascarada, Pressentimento e tantos outros, melodista e letrista referência para gerações, parceiro de Cartola, Paulinho da Viola, Zé Keti, Hermínio Bello de Carvalho.

São músicas que estarão no repertório a ser apresentado no Moreira Salles, na companhia de Marcelo Bernardes (direção e sopros), Alexandre de La Peña (violão), Afonso Marins (baixo), Paulo Kananga (bateria) e Bruno Rian (bandolim).

Homenagens. De julho para cá, já teve show com convidados no Cordão da Bola Preta, no auditório da Rádio Nacional (semana passada) – que será exibido na TV Brasil, em dezembro, como parte de um documentário sobre Elton –, e homenagens em programas de TV. Dia 24, ele estará no Sesi Fiesp; dia 14 de dezembro, no Teatro Carlos Gomes, no Rio.

O carioca Elton compôs o primeiro samba aos 8 anos, com um dos nove irmãos. Tocou sax horn, trombone e bateria e foi integrante de orquestra. Foi do grupo fundador de três escolas de samba. Também administrador (graduou-se pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio), gravou 25 discos nas últimas cinco décadas. É admirado principalmente pela beleza de suas melodias.

Serviço

Elton 80

Instituto Moreira Salles - Rio de Janeiro

Endereço: R. Marquês de São Vicente, 476, Gávea; telefone: (21) 3284-7400

Quando: nesta terça-feira, 16/11, às 20h; preço: R$ 20

Tudo o que sabemos sobre:
Elton Medeirossambacultura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.