Uma noite com Lennon e Jagger, por US$ 2,2 mil

Em uma noite de 1974, o bluesman americano Willie Dixon, que morreu em 1992, conseguiu a proeza de reunir em seu estúdio nada menos que os beatles John Lennon e Ringo Starr e o rolling stone Mick Jagger. Juntos eles deixaram registrada a canção Too Many Cooks, um blues composto pelo próprio Dixon. Enquanto Ringo marcava suas batidas na bateria, Lennon fazia a guitarra solo e Mick os vocais. Ontem, uma fita com a reprodução do blues foi a leilão, organizado pela Rock Legends, e acabou arrematada por US$ 2,230.A gravação original do registro nunca foi achada. O que foi a leilão é uma reprodução em acetato da fita master, que estava em poder de Tom Fischer, dono de uma loja de discos. Ele a adquiriu por meros US$ 32, de um homem que se dizia amigo de Ron Wood, guitarrista dos Rolling Stones.Em seu site, Mick Jagger diminuiu o achado, dizendo que já existem versões da mesma faixa há 20 anos - que, contudo, nunca foram oficialmente lançadas. "Não vejo por que pensar que o acetato (...) tenha mais valor que outras versões bootleg", escreveu Jagger. Surtiu efeito: o arremate ficou cerca de sete vezes abaixo da expectativa dos promotores do evento.

Agencia Estado,

21 de fevereiro de 2003 | 12h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.