U2 pode voltar ao Brasil em janeiro

O empresário Roberto Medina, promotor dos eventos Rock in Rio, está negociando a volta da banda irlandesa U2 ao Brasil, em janeiro. Medina prepara um festival intitulado Made in Brasil para aquele mês - e a intenção é ter um cast de bandas brasileiras e pelo menos uma grande banda internacional.Mas, segundo a assessoria de imprensa da Artplan, empresa de Medina, "não há nada confirmado ainda sobre esse assunto". O grupo U2 está rodando o mundo com a Elevation Tour, que começou em março, na Flórida. A banda terminou o giro americano na semana passada e recomeça este mês na Europa.O primeiro show na Europa é nesta sexta, no Forum de Copenhagen, Dinamarca. A turnê Elevation Tour promove o disco All That You Can´t Leave Behind, o mais recente do grupo, lançado em outubro do ano passado.Recentemente, o U2 veio ao Brasil e fez um pocket-show em estúdio no Rio de Janeiro. Na ocasião, Bono Vox falou de sua intenção de voltar a tocar na cidade, como forma de compensar o caos que foi o último show da banda lá, em 1998.Nessa visita mais recente, os músicos do grupo recusaram-se a receber o antigo promotor do seu show, o empresário Franco Bruni, que os procurou para tirar satisfações sobre declarações de Bono Vox e Larry Mullen Jr (vocalista e baterista). Os músicos teriam dito que Bruni não os pagou pelos concertos.Por conta disso, Bruno acabou entrando com uma ação contra o U2 no Fórum Criminal do Rio. Está pedindo uma indenização em torno de US$ 15 milhões. "Tentei resolver com eles, mas não houve nenhum tipo de conversa, por isso recorri à Justiça", diz o empresário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.