U2 apresenta-se de graça para 2 mil fãs

Depois de reunir multidões em seus concertos durante a turnê PopMart, de 1997, o U2 resolveu seguir o exemplo de Madonna e investir no ?contato íntimo? com os fãs. No dia 7 de fevereiro, o grupo irlandês apresenta-se no Astoria Theatre de Londres para apenas 2 mil pessoas. Desde de 1983, quanto ainda era uma banda em início de carreira, o U2 não se apresentava para platéias tão pequenas.E, assim como os mini-shows que Madonna fez recentemente na Inglaterra e nos Estados Unidos, o concerto é gratuito: os ingressos serão distribuídos por meio do web site da banda. A última vez em que o U2 apresentou-se em Londres, há três anos, foi em um concerto para 80 mil pessoas no Estádio Wembley.O show no Astoria Theatre servirá como aquecimento para a turnê Elevation, que divulgará o novo álbum da banda, All That You Can?t Leave Behind. Inicialmente, foram anunciadas as datas de 37 shows da turnê nos Estados Unidos. Como em pouco tempo 31 apresentações tiveram todos os seus ingressos vendidos, a banda já anunciou outros 11 shows adicionais nos EUA. Contudo, os mega-shows estão descartados. Ou porque acha que o público começa a se cansar desse tipo de evento ? ou porque o próprio grupo se cansou ? o U2 irá se apresentar em estádios bem menores do que os da turnê PopMart. Para reforçar o conceito ? ou modismo ? de ?intimidade com o público?, a banda decidiu remover as cadeiras situadas em frente ao palco, permitindo que os fãs cheguem o mais perto possível dos músicos. A decisão, porém, já está causando polêmica. O especialista em segurança Paul Wertheimer criticou publicamente a idéia, alegando que a proximidade excessiva do palco pode gerar tumulto e acidentes. Ele citou como exemplo o concerto do The Who em Cincinnati, em 1979, no qual 11 pessoas morreram. A SFX, promotora da turnê Elevation, limitou-se a dizer que está tomando todos os cuidados relativos à segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.