TV exibe a última entrevista com Michael Jackson

Michael Jackson causou polêmica em 2003, com os documentários sobre sua vida e com sua prisão, sob acusação de abuso sexual. Na véspera de Natal, o popstar conversou com o repórter Ed Bradley, do programa 60 Minutos, e voltou a dar declarações sobre sua mania de dormir com meninos. O GNT transmite hoje, às 22h40, a entrevista em que o astro se defende da acusação e alega ter sofrido maus-tratos na prisão.O garoto que acusa o cantor é o mesmo que aparece ao seu lado no documentário Living With Michael Jackson, de Martin Bashir. Na ocasião, o menino, de mãos dadas com o astro, disse que dorme na cama de Michael. O popstar conheceu o garoto há um ano, quando estava lutando contra o câncer. ?Ele estava careca por causa da quimioterapia, sem sobrancelha, sem cílios. Tentei ajudá-lo durante o tratamento?, afirma o cantor na entrevista. Para completar a ?ajuda?, Michael levou o menino para Neverland, sua mansão. Michael alega que, durante sua prisão, foi espancado e teve até o seu ombro deslocado. ?Estou sofrendo muito?. Ele fala que ficou confinado em um banheiro fedido. Outro assunto que deixa Michael emocionado é a revista que foi feita em Neverland pelos investigadores. ?Meus empregados disseram: Não vá ao seu quarto porque se você vir o que fizeram lá, vai chorar. Cortaram até o meu colchão.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.