Túmulo de Mendelssohn é profanado em Berlim

O panteão onde repousam os restos mortais do compositor Felix Mendelssohn Bartholdy e de parte de sua família em um cemitério de Berlim foram profanados hoje por desconhecidos que chegaram a derrubar algumas das cruzes. A Polícia berlinense desconhece os motivos da profanação, mas não se pode descartar que seja um ato anti-semita já que a família Menselssohn Bartoldy era de judeus convertidos. O túmulo do compositor e de outros três membros de sua família fica no Cemitério da Trinidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.