Trovadores comemoram 10 anos com novo CD

Eles já cantaram em ônibus lotado, em cemitérios, em empresas... Primeiro grupo no Brasil a fazer serenata "sob encomenda", o Trovadores Urbanos completa 10 anos. Hoje, o sucesso do grupo é comemorado com uma média de 400 trabalhos por mês. E, também, com o quarto CD da carreira: Canções Paulistas. "O CD é uma homenagem a São Paulo e relembra 100 anos de músicas que têm alguma relação com o Estado. São 60 composições, num pout-pourri que lembra as antigas serenatas", adianta Marcelo Baccarini, fundador e diretor do grupo junto com a esposa Maída Novaes O Trovadores, explica Marcelo, começou de forma despretensiosa. A idéia era resgatar a nostalgia das serenatas de décadas passadas. "A Maída nasceu em Avaré, onde eram comuns as serenatas. Foi daí que surgiu a proposta."O sucesso do grupo foi concretizado após três anos de trabalho. Já cantaram na França, Espanha e Portugal. "Conseguimos mais do que imaginávamos", diz Marcelo. À formação original - Maída Novaes, Juca Novaes, Valéria Caran e Eduardo Santana - uniram-se mais 40 músicos. "Conforme nosso trabalho foi sendo reconhecido, fomos contratando novos músicos. A maior parte deles é da família. A Maída tem oito irmãos, todos eles cantam conosco."Segundo Baccarini, 62% das encomendas de serenatas são feitas por mulheres, "que são mais românticas". "Teve caso de ligarem do Japão para pedir uma serenata aqui no Brasil", recorda. No entanto, Baccarini ressalta o caso de um empresário que pagou passagens de avião para que dois músicos fossem cantar para a esposa em Curitiba. E histórias curiosas, excluindo as corridas de cachorros e os baldes d´água jogados pelos vizinhos descontentes, não faltam para o Trovadores. Teve a vez em que um rapaz pediu, no Dia dos Namorados, 11 serenatas. Para 11 garotas. E o caso da senhora que pediu para uma dupla cantar no cemitério, para o marido falecido."Também fizemos as nossas. Fomos fazer uma serenata para uma certa Lúcia. Só que no bairro havia duas ruas com o mesmo nome, o que não percebemos. E, coincidentemente, em cada rua morava uma Lúcia. Conclusão: cantamos para a Lúcia errada", diz. "O duro foi entender e explicar para o marido dela toda a confusão." Engraçado mesmo foi o dia em que os músicos entraram no jardim de uma casa para fazer uma serenata para uma moça e não perceberam que a piscina estava coberta com uma lona. Tomaram um banho antes mesmo de começar a cantar! Eles também fazem o papel de "mensageiros do amor", como diz Baccarini. "É comum as pessoas nos contratarem depois de uma briga. E já podemos comemorar muitos casos de reconciliação com uma serenata. É difícil resistir", salienta. Famosos como Marta e Eduardo Suplicy, as apresentadoras Eliana, Sílvia Popovic, Ana Maria Braga, Xuxa e Adriane Galisteu, as atrizes Regina Duarte e Cláudia Liz e os cantores Caetano Veloso e Daniel já contrataram ou receberam serenatas do grupo. O Trovadores Urbanos tem um repertório com mais de 100 músicas. A pessoa pode encomendar uma serenata, que dura cerca de 20 minutos (pout-pourri com 16 músicas), com a participação de, no mínimo, dois músicos. "Sugerimos o repertório, mas quem preferir, pode escolher aquelas músicas que são especiais para o casal", ressalta Baccarini.Trovadores Urbanos - Tel: (0--11) 3871.2666.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.