Trilha de Malèna mostra bom gosto de Morricone

Essa trilha perdeu o Oscar para O Tigre e o Dragão, de Tan Dun, mas há um abismo de qualidade entre as duas. Malèna (lançamento Virgin Records), música composta e orquestrada pelo italiano Ennio Morricone para o filme homônimo (com a bela Monica Bellucci) é infinitamente superior à trilha de Tan Dun para o filme chinês. A sensualidade, a elegância orquestral e os temas são organicamente interligados. Um show de Morricone e solistas (o violista Fausto Anzelmo, o saxofonista Gianni Oddi e a soprano Cicci Santucci). De todos os temas, apenas Ma L´Amore No não é original. É de autoria de D´Anzi e Galdieri, de 1943.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.