Tributo a Michael Jackson é cancelado na Hungria por fraude

Organizadores disseram que devolverão o dinheiro dos ingressos e indenizarão os que viajaram até Budapeste

EFE,

20 de janeiro de 2010 | 15h35

Uma série de shows na Hungria à memória de Michael Jackson foram cancelados, e os organizadores terão que indenizar os espectadores por divulgar propaganda enganosa.

 

No final de semana passado, alguns espectadores do show "Jacko -A Tribute to Michael Jackson" em Budapeste protestaram e denunciaram perante as autoridades a apresentação.

 

Os organizadores do evento comunicaram que devolverão o dinheiro dos ingressos e que indenizarão os que viajaram de fora até Budapeste, afirma hoje a imprensa local.

 

Nos cartazes do show, os organizadores tinham prometido a atuação dos "dançarinos e músicos de Michael Jackson". No final, o cantor que se apresentou apenas tinha visitado uma vez Neverland, o sítio do "rei do pop".

 

Os ingressos para o show custaram entre 50 e 75 euros, uma grande quantia em um país onde o salário líquido médio é de 455 euros.

 

Segundo os organizadores do show, eles só foram informados sobre a realidade da apresentação quando o grupo já estava na Hungria.

Tudo o que sabemos sobre:
Michael Jackson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.