Três Tenores fazem hoje única apresentação

Chegou o dia. Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras fazem hoje, a partir da 18 horas, no Estádio do Morumbi, a primeira apresentação conjunta na América Latina, acompanhados da Orquestra Sinfônica Municipal. A regência será do maestro genovês Marco Armiliato.Durante a semana, em entrevista coletiva, os Três Tenores falaram da popularização da ópera, de futebol, música brasileira, equitação e "amaldiçoaram" o empresário Tibor Rudas, também presente: "O Brasil tem só duas semanas de frio por ano e viemos para cá justamente no meio desse período", brincou Plácido Domingo.Os três declararam-se bastante felizes em cantar juntos pela primeira vez na América Latina, em especial no Brasil. Não saíram, no entanto, sem falar da eterna polêmica relacionada com a popularização do repertório - o que realmente importa: dinheiro ou atrair um número maior de pessoas para o universo da ópera?Na opinião de Pavarotti, atualmente, a música clássica em geral tem um público maior, fazendo parte da vida das pessoas. "Quando comecei a cantar, era um dos poucos interessados em música: quando cantarolava na rua as pessoas mandavam eu me calar, mas, hoje, há muitos estudantes de canto e a ópera está bem difundida."Nesse sentido, o concerto Os Três Tenores, criado em 1990, ganha uma importância no processo de difusão da música clássica para os jovens. "São pessoas de grande sensibilidade e a música clássica, a quinta-essência da cultura, é um grande depositário de emoções e sentimentos", diz Carreras. E completa: "É muito bom saber que os jovens são os primeiros a querer nos ouvir e lotar os teatros de ópera após nossas apresentações."Em relação às críticas feitas aos três tenores, acusados de terem subvertido o mundo da ópera com as apresentações que fazem juntos, Domingo afirma que a relação deles com a ópera tradicional é eterna. "Começamos com a ópera e com ela vamos seguir até onde for possível", diz o tenor, que também acredita que esse tipo de concerto aumenta o público da ópera. "Há dois tipos de pessoas que não vão à ópera: as que não podem pagar e as que podem mas não conhecem e, conseqüentemente, não têm interesse. O que fazemos é resolver um desses problemas."Brasil - Sobre a música brasileira, Carreras, afirmando falar pelos três, disse que todos eles têm com ela uma relação bem próxima. "Particularmente, sou um entusiasta de Villa-Lobos mas nós três compartilhamos a admiração por Carlos Gomes, por exemplo."Música popular? Gostamos bastante e, no contexto adequado, tentamos incluir peças populares em nossos programas", completa. Carreras também adianta que, além da Sinfonia, de O Guarani, eles têm a intenção de incluir trechos de óperas de Carlos Gomes no concerto de hoje.Há dez anos juntos, Pavarotti, Domingo e Carreras preferem não fazer balanços sobre suas atividades. Acreditam, no entanto, que muito mudou desde o primeiro concerto Os Três Tenores, realizado em 1990, na Itália. "Ganhamos em espírito, mesmo que nossas vozes tenham mudado", diz Pavarotti. Domingo destaca a evolução do trabalho em conjunto. "Nesses dez anos, crescemos juntos, nos conhecemos melhor e aprendemos a nos respeitar", conta. Já Carreras ressalta que, antes de tudo, são apaixonados pela música e pela voz do tenor. "Por isso, é um grande prazer cantar ao lado de Domingo e Pavarotti", afirma. "No palco, não estamos apenas cumprindo compromissos profissionais: mais do que isso, aprendemos a nos ouvir e gostamos muito de fazê-lo."Ingressos - Quem ainda não comprou o ingresso para o concerto de sábado, não tem com o que se preocupar. Ingressos estarão disponíveis até as 17 horas em todos os postos-de-venda. Há, ainda, a possibilidade de acompanhar Os Três Tenores, e conferir as vozes de Carreras, Domingo e Pavarotti, de casa, pela TV paga. O canal 605, da DirecTV, transmite o concerto ao vivo. E, no domingo, a partir das 21h45, o SBT também exibe a apresentação, com comentários dos maestros Júlio Medaglia e Mário Valério Záccaro e apresentação de Celso Portiolli.Um time de 400 policiais foi destacado para garantir uma chegada tranqüila do público ao Morumbi, que poderá entrar no estádio a partir das 15 horas. O início do concerto está marcado para às 18 horas.Os Três Tenores. Apresentação única com os cantores José Carreras, Placido Domingo e Luciano Pavarotti. Regência de Marco Armiliato. Duração: 2h30. Amanhã, às 18 horas. Abertura dos portões às 15 horas. De R$ 40,00 a R$ 500,00. Estádio do Morumbi. Praça Roberto Gomes Pedrosa, s/n.º

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.