Ritzau Scanpix/ Reuters
Ritzau Scanpix/ Reuters

Travis Scott vai pagar funeral de vítimas mortas durante show

Músico está firmando uma parceria com uma rede de psicólogos, conselheiros e psiquiatras para oferecer apoio para quem ficou traumatizado

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2021 | 08h01

Depois de uma tragédia que matou oito pessoas em seu show na última sexta-feira, 5, o rapper Travis Scott se ofereceu para pagar as despesas com o funeral das vítimas. 

A informação, divulgada pelo site de notícias TMZ nesta terça-feira, 10, também indica que o músico está firmando uma parceria com uma rede de psicólogos, conselheiros e psiquiatras para oferecer apoio para quem ficou traumatizado, além de familiares das vítimas.

No entanto, ainda não se sabe qual a adesão dos familiares e diretamente envolvidos com as propostas do rapper Travis Scott.

Tragédia

Na sexta-feira, o rapper comandou um show em Houston, no Texas, com hiperlotação e sem a organização necessária para garantir a segurança da multidão.

Oito pessoas morreram pisoteadas quando a plateia correu para a frente do palco. Um menino de apenas 9 anos ficou ferido e entrou em coma induzido.

Segundo informações preliminares, ele estava nos ombros do pai, que desmaiou quando o público começou a pressionar e a empurrar para chegar perto do palco. 

Tudo o que sabemos sobre:
Travis Scottrap

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.