Tony Bennett se rende ao Blues em novo disco

Aos 75 anos, Tony Bennett é uma unanimidade quando o assunto é competência e elegância na escolha do repertório e na habilidade de interpretar os mais diferentes estilos musicais. Nos últimos anos, Bennett tem apostado em discos temáticos, como em Here?s to The Ladies, de 95, onde interpreta canções de grandes divas do jazz, ou em Hot & Cool, de 1999, com composições de Duke Ellington. Agora, com o disco Playin? With My Friends: Bennett Sings The Blues, o cantor resolveu dar uma de bluesman e ainda escolheu vários amigos para darem uma força, entre eles, Diana Krall, Stevie Wonder, k.d. lang, Ray Charles, Bonnie Raitt e B.B. King.Bennett conseguiu reunir em 15 canções, além de um time diversificado de cantores, um apanhado da fusão entre o jazz, mais, e o blues, menos. A primeira músico do disco, Alright, Okay, You Win, é um bom exemplo disso. Acompanhado da pianista canadense Diana Krall, o cantor recria a música imortalizada pela cantora Peggy Lee e pelo pianista Count Basie, nos anos 40. Logo de cara, um dos melhores momentos do disco. Na seqüência, outro blues com cara de jazz: Everyday ( I Have The Blues), do bluseiro Bobby Bland, em parceria com Stevie Wonder. O tom romântico impregna o disco, em Good Morning, Heartachet, com Sheryl Crow, Stormy Weather, composição de Harold Alem interpretada em parceria com Natalie Cole e Keep The Faith, Baby, desta vez com k.d. Lang.O blues do título do disco só aparece pra valer em duas músicas. Em Undecided Blues, Bennett canta sozinho um daqueles blues de lamento de cortar o coração. Já em Let The Good Times Roll, do músico Louis Jordan, o bom e velho blues surge em toda a sua concepção na voz do rei B.B. King e sua guitarra Lucille. Outros momentos interessantes são o dueto com Billy Joel, onde cantam a música New York State Of Mind, composta pelo próprio Joel, e em Playin? With My Friends, quando todos os "amigos", juntos, fecham o disco com a composição do bluseiro contemporâneo Robert Cray.O disco foi produzido por Phil Ramone que já tinha trabalha com Frank Sinatra no disco Duets. Além disso, o novo álbum de Bennett traz o velho companheiro do cantor, o pianista inglês Ralph Sharon e seu trio. O disco será lançado no Brasil na próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.