Tom Zé deixa a UTI

O cantor, compositor e instrumentistaTom Zé, 65 anos, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) doUnicordis-Hospital do Coração, no Recife, na terça-feira, pouco depois domeio-dia, e foi transferido para um apartamento. Tom Zé sofreuum enfarte na noite de domingo depois de ter feito um dos maisaclamados shows do Abril Pro Rock. Ele foi socorridoimediatamente e levado de ambulância ao hospital, onde sesubmeteu a uma angioplastia para desobstrução de uma artériacoronária. O médico que assiste Tom Zé, dr. Francisco Bueno, disseque o quadro clínico do músico é estável e que ele não deveráter seqüelas, por causa do pronto atendimento médico. Aprincípio, o diagnóstico de Tom Zé foi o de insuficiênciacoronária, porque o eletrocardiograma não demonstrou enfarte."Isso acontece em 50% dos casos quando o exame é feito nomomento em que a pessoa está sofrendo o problema", disse Bueno."Somente depois, com outros exames e avaliações é que seconstata a ocorrência do enfarte." Tom Zé deve ter alta hospitalar em cinco dias e sópoderá retomar a plena atividade em pelo menos 30 dias. Ele estáacompanhado da mulher, Neuza Martins. As visitas são proibidas.De acordo com o médido, o músico está satisfeito, mas nãoesconde a contrariedade por não poder voltar logo ao trabalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.