Titãs voltam com projeto novo e repertório antigo

A dobradinha CD e DVD MTV ao Vivo Titãs, gravada em uma fortaleza, em Florianópolis, renova a parceria da banda com a emissora após oito anos de um bem-sucedido projeto acústico com a marca MTV. O pacote inclui um programa de TV, que vai ao ar na MTV no domingo, às 19 horas - seguido pela chegada do disco às lojas na segunda-feira e do DVD, em outubro. Paulo Miklos, Tony Bellotto, Branco Mello, Sérgio Britto e Charles Gavin, dizem que gravar um CD ao vivo (e, automaticamente, recheado com o antigo repertório) e não um trabalho de inéditas tem explicação: eles queriam um registro "satisfatório" do que é a banda num show, num palco. Em tempos de DVD, o motivo é legítimo acrescido do detalhe de o grupo contar 23 anos de carreira. O projeto Ao Vivo conta com uma novidade aqui, outra acolá. Como a inclusão de três inéditas: Anjo Exterminador, de Britto; O Inferno São os Outros, de Branco, Gavin e Bellotto; e Vossa Excelência, de Gavin, Miklos e Bellotto. Vossa Excelência vem chamando a atenção por ir de encontro ao quadro de crise política no Brasil. "Senhores!/ Senhores!/ Filha da p./ Bandido!/ Corrupto!/ Ladrão!/ Sorrindo para a câmera/ Sem saber que estamos vendo/ Chorando que dá pena/ Quando sabem que estão em cena." Miklos afirma que uma parte da composição já existia e a outra foi alinhavada com o momento político. "A gente vem, há tempos, nesta situação. Esta crise mais aguda me inspirou a levar o tema para o ensaio", afirma. Para o Titã, Vossa Excelência não se comporta como uma canção panfletária: mesmo atual, ela foi composta como qualquer outra, garantem. O grupo aproveita para exteriorizar novamente sua admiração pela obra de Roberto Carlos, regravando O Portão, uma parceria do Rei e Erasmo Carlos. Bellotto conta que a idéia inicial era gravar Quero Que Vá Tudo pro Inferno, outra parceria com Erasmo. Consciente das restrições de Roberto a essa música, o guitarrista ligou para seu autor. Simpaticamente, Roberto pediu para ele escolher outra canção de seu repertório. Enquanto isso, Miklos tenta conciliar shows e seu papel na nova novela da Globo. Será que ele vai conseguir? "A gente também quer saber", brinca Bellotto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.