Titãs para guardar na estante de livros

Vinte anos de estrada traduzidos em 405 páginas. Assim é a biografia autorizadíssima dos Titãs, A Vida Até Parece Uma Festa - Toda a História dos Titãs (Ed. Record, R$ 35), escrita pelos jornalistas Hérica Marmo e Luiz André Alzer. Como nenhum deles conhecia os integrantes, a dupla armou uma estratégia de aproximação. "Escrevemos uma carta que tivesse nossa linguagem, e deixamos claro que o que mais nos motivou a fazer o livro foi a inexistência de uma biografia de uma banda de rock dos anos 80", conta Hérica. Por que os Titãs, e não os Paralamas ou a Legião Urbana? "Por ser curioso. Desde a formação da banda, com oito caras, oito compositores, cinco vocalistas e nenhum líder. Não é como o Paralamas, que tem o Herbert, ou a Legião, que tinha o Renato", avalia Hérica, que dos 12 aos 18 anos acompanhou de perto a história da banda. Ela não chegou a ser tiete, mas ia a shows e ficava sempre de olho no que rolava com a banda. Luiz André é fã confesso de rock dos anos 80. A cartinha para os Titãs foi enviada no fim de novembro de 2001. De lá pra cá, Hérica e Luiz perderam várias noites de sono para deixar o livro pronto a tempo da comemoração dos 20 anos do grupo. Fizeram 50 entrevistas. Além dos próprios integrantes e ex-companheiros, falaram com gente da gravadora, com empresários e outros artistas, como Lobão, Marisa Monte, Lulu Santos, e com as mulheres, como Malu Mader (considerada o sexto Titã pela autora), casada com Tony Belotto, e Angela Figueiredo, de Branco Mello. O que ninguém fazia idéia - e que está no livro - é a rivalidade com Paralamas. "Como fã, achava que a Legião seria rival, mas a competição mesmo era com os Paralamas", confirma Hérica. Os músicos são amigos, saem para jantar, mas ficam comparando o trabalho. E até o acústico do Titãs, quem diria, só saiu por causa dessa picuinha. (O "MTV Jam 605" da Directv estréia Titãs Acústico hoje, às 19h, com reprise às 21h e 23h). "Eles estavam reticentes, não sabiam se iam fazer, e a MTV já tinha oferecido o projeto. Até que durante um show dos Paralamas, o Herbert anunciou que ia fazer o Acústico. Foi o que bastou. O resultado: o disco mais vendido da banda e o maior sucesso do projeto. Apesar de autorizada, a biografia não se esquiva de tocar em algumas feridas, como a prisão do Tony Belotto e de Arnaldo Antunes, por porte de heroína. "É díficil para eles falarem sobre isso, mas Arnaldo lembrou de tudo, Tony nunca tinha comentado o caso", garante Hérica. Os Titãs foram reveladores. Sobre drogas, falaram dos momentos em que a usaram como combustível para criar - até o ponto em que começou a atrapalhar. Há também a descoberta de alguns regimentos dos Titãs. É o caso da Liga, "entidade" fundada pelo grupo só para puxar a orelha de quem passa dos limites. E do Sincerão, uma reunião para botar tudo em pratos limpos. A saída do Nando Reis fecha o livro. A obra já estava na editora - e todos quiseram falar. "Reproduzimos o último diálogo deles", diz Hérica. Sobre a ausência de Nando Reis na foto da capa do livro, Hérica diz que não teve troca. "A capa não estava pronta. Havia uma foto programada, mas preferimos uma que trouxesse só os cinco, pois a banda não acabou. E assim dá para ver que a biografia está atualizada e traz a saída do Nando", justifica Hérica. Nando Reis faz questão de dizer que participou ativamente da produção do livro, emprestou material de seu arquivo, já que a obra diz respeito à uma parte da história de sua vida. Mas confirma que achou a capa pouco representativa. "Não estou chateado, nem magoado. Sou um profissional sério e acredito que um livro que conta a história dos Titãs deveria trazer também os outros três, que são eu, Marcelo (Frommer, morto em 2001) e Arnaldo Antunes. O que eles fizeram é uma solução discutível. Acho que a capa não retrata o conteúdo". De fato, o livro conta duas décadas de uma banda que nasceu com oito caras. E não com cinco. Serviço: "A Vida Até Parece Uma Festa - Toda a História dos Titãs", lançamento segunda-feira, na Fnac, às 19h. Com os Titãs.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.