Titãs lançam canal de TV na internet

No ar desde o início de junho, a TV Titãs é a nova incursão multimídia do grupo. O novo canal de TV pela internet, hospedado no site oficial da banda (www.titas.net), mescla imagens do arquivo pessoal do grupo com a rotina do quinteto hoje. "É como se fosse um reality show", brinca o cantor Paulo Miklos. "Na verdade, é uma maneira de os fãs acompanharem o dia-a-dia do grupo e, ao mesmo tempo, conhecerem a nossa trajetória."As cenas, que estão sendo editadas pelo vocalista Branco Mello, mostram seqüências de shows, brincadeiras entre os músicos, gravações de discos, turnês, passagens por aeroportos, hotéis e camarins. Tem até uma vinheta de abertura, estrelada pelas atrizes Malu Mader - mulher do guitarrista Tony Bellotto - e Beth Goffman. Os fãs podem até matar a saudade do guitarrista Marcelo Fromer, morto em 2001. "É difícil apontar uma ou outra cena mais marcante entre tantas que temos. Mas sempre me emociono ao rever as imagens que tenho gravadas com o Marcelo", diz Branco.Mas será que os fãs que cresceram embalados pelo refrão "a televisão me deixou burro, muito burro demais" - da música Televisão, um dos maiores sucessos da banda - vão se sentir traídos, agora que eles criaram seu próprio canal de TV online? Ao responder à pergunta, Miklos solta uma gostosa risada e logo emenda: "Acho bárbaro utilizarmos a internet para esse fim. A música, inclusive era cantada em programas de televisão, era quase uma elegia à TV", diz, continuando a gargalhada. Branco completa, dizendo que os Titãs sempre gostaram de televisão. "A canção não é tão óbvia como parece, até porque termina declarando que ´tudo o que a antena captar meu coração captura´".Cinema - A idéia de registrar a trajetória do grupo em vídeo começou em 1986, época do lançamento do disco Cabeça Dinossauro, quando o vocalista Branco Mello comprou sua primeira filmadora. Os 17 anos de filmagem renderam um arquivo de mais de 200 horas de gravação. Em breve, essas imagens poderão ser vistas nas telas de cinema do País. Branco já está trabalhando na montagem de um documentário sobre a carreira dos Titãs, junto com Oscar Rodrigues Alves - diretor que, entre outros, trabalhou com a banda no premiado clipe Epitáfio. "As cenas foram se acumulando em várias prateleiras da minha casa", conta Branco. "Mas agora é pra valer. Se o nosso ritmo de trabalho continuar assim, o filme ficará pronto já no ano que vem." Os fãs já estão esperando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.