Tiroteio põe 50 Cent na mira da polícia

Uma troca de tiros ainda não esclarecida pôs a polícia americana atrás do rapper 50 Cent. Aconteceu na terça-feira, nos arredores do Double Tree Hotel, em New Jersey. Segundo o site da revista NME, o rapper tem até quatro dias para se apresentar à polícia.A polícia já encontrou dez cápsulas de balas de diferentes calibres, mas ainda quer saber se o rapper e sua equipe foram os alvos e se revidaram na mesma moeda. Conforme o Peoplenews, dois homens abriram fogo contra o rapper no momento em que sua limosine chegava ao hotel. O rapper então teria sido rapidamente tirado de cena e partido. Mas a polícia quer saber por que a demora em chamar socorro.O rapper 50 Cent, cujo verdadeiro nome é Curtis Jackson, tem um longo histórico nas ruas. Ex-traficante de crack, jurado de morte e sobrevivente de uma emboscada em que levou nove tiros, 50 Cent ganhou fama como protegido de Eminem. No auge de seu sucesso, conta agora com um time de seis guarda-costas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.