Timberlake ganha ação contra jornal sensacionalista

O cantor Justin Timberlake ganhou nesta quarta-feira uma ação por calúnia e aceitou nesta quarta-feira um pedido de desculpas e uma compensação financeira, por danos e prejuízos, de um jornal sensacionalista que o acusou falsamente de enganar sua noiva, a atriz hollywoodiana Cameron Diaz, com uma modelo britânica.O cantor norte-americano havia entrado com um processo por difamação em Londres, logo após o jornal News of the World ter publicado em julho de 2004 que ele teve um romance com a modelo Lucy Clarkson, quando esteve na Grã-Bretanha no final de 2003 para divulgar seu álbum Justified.Benjamín Beabey, advogado da editora que publica o jornal, News Group Newspapers Ltd., disse que o Newsof the World se desculpou "pela aflição e turbulência que lhe causou aquele artigo".A nota se baseou em declarações mentirosas da própria modelo. O advogado de Lucy, David Griffiths, disse que ela reconheceu que tudo foi uma invenção."Afortunadamente o processo judicial funcionou, mas quantoscasos como estes passaram antes de que estes jornaissensacionalistas sejam obrigados a publicar a verdade?", disse emuma declaração o agente de Timberlake, Ken Sunshine.O advogado de Timberlake, Simon Smith, disse que a editora concordou em pagar "uma soma substancial não revelada por danos e prejuízos". Lucy Clarkson concordou em pagar "uma quantia igual à que ela recebeu do News of the World, em troca de seu relato."Diante destes acontecimentos, Timberlake decidiu seguir os procedimentos e considerar que sua reputação foi totalmente recuperada", disse Smith.Justin Timberlake, que chegou à fama com a banda ´N Sync, disse que vai doar o dinheiro da indenização a uma instituição de caridade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.