TIM Festival anuncia programação "de fazer inveja"

Beth Gibbons, Gotham Project, 2 Many DJ´s, Super Furry Animals, Terence Blanchard, Whirlwind Heat, The Rapture, White Stripes. É, como diz o curador Hermano Vianna, um cast de fazer inveja a qualquer festival europeu ou americano. O TIM Festival, maior e mais importante festival de música da América Latina, anunciou oficialmente hoje suas atrações para a mostra, que será realizada no Rio de Janeiro, de 30 de outubro a 1.º de novembro,no Museu de Arte Moderna.Já está tudo definido, dos preços à logomarca (confira no site www.timbrasil.com.br, a partir de 1.º de outubro). As últimas atrações foram fechadas em cima da hora, como anunciou a diretora do festival, Monique Gardenberg. São o grupo brasileiro Tira Poeira (nova sensação do choro), o bluesman Henry Butler e o grupo franco-argentino Gotham Project, que barbariza nas pickups parisienses tocando um tango eletrônico irresistível.Hermano Vianna destaca a noite do hip hop, que traz os pioneirosamericanos Public Enemy e The Streets, como uma jornada de "combinação explosiva". No palco After Hours, dos eletrônicos e DJs, uma atraçãosó fechou na última hora: o duo 2 Many DJ´s, da Bélgica. Segundo Monique Gardenberg, eles só confirmaram a vinda depois de saberem que também está no cast do festival o DJ Erol Alkan.Entre os jazzistas, pontificam duas big bands, a do pianista McCoy Tyner e a do saxofonista Illinois Jacquet, além da cantora Shirley Horn. A grande noite de pop rock será a do dia 31 de outubro, no Tim Stage. A maratona começa às 18 horas, com Whirlwind Heat, e fecha de madrugada, com os White Stripes. Do experimentalismo, virão os pioneiros em música industrial, o Front 242, e alguns novatos brasileiros: Chico Correa & EletronicBand eGerador Zero e Apavoramento.Os ingressos custam entre R$ 30,00 e R$ 80,00, e começarão a ser vendidos no dia 29, pela internet (site ticketronics.com.br) ou por telefone (0300 789 3350). Em São Paulo, haverá postos de venda no Via Funchal (Rua Funchal, 65), e Posto BR do Aeroporto de Congonhas (Av. Washington Luís, 5955). No dia 1.º de outubro, começará a funcionar o telefone de informações (0800 702 0702). Este ano,excepcionalmente, será cobrada uma entrada para o Village, tradicional área de lazer do shopping que era aberta mesmo a quem não ia ver os shows. O motivo, segundo Monique Gardenberg, era que o grande afluxo de pessoas estava tornando difícil o acesso aos palcos do Museu de Arte Moderna.Veja abaixo a programação completa do festival:Palco principal:Dia 30: Beth Gibbons & Rustin´ Man e k.d.lang Dia 31: Whirlwind Heat, Fellini, Super Furry Animals, The Rapture eThe White Stripes Dia 1.º: Sinhô Preto Velho, AfroReggae, Nação Zumbi, The Streets e Public EnemyPalco Tim Club:Dia 30: Quinteto Néstor Marconi,Cedar Walton All Stars e McCoy Tyner Big Band dia 31: Luiz Avellar, Terence Blanchard´s Bounce e Illinois Jacquet Big Band Dia 1.º: Meirelles e o Copa 5, Walt Weiskopf Nonet e Shirley HornPalco Tim Lab:Dia 30: Wado, Lambchop e Los Hermanos Dia 31: Tira Poeira, Henry Butler e Gotham Project Dia 1.º: ChicoCorrea & EletronicBand, Gerador Zero & Apavoramento, Coldcut e Front 242Palco After Hours:Dia 30: Jackson Araújo, 2 Many DJ´s Dia 31: George Actv House Set, Erol Alkan e Maurício Lopes Dia 1.º: Edinho, Zé e Gordinho, Peaches e DJ Marlboro e Convidados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.