Thiago de Mello rouba a cena

O crítico Michael Manning, do jornal The Boston Globe, dedicou grande parte de sua resenha sobre a apresentação da violonista Sharon Isbin, em Boston, para elogiar seu parceiro, o percussionista brasileiro Gaudêncio Thiago de Mello. Sharon e Thiago de Mello, como o músico é conhecido no Brasil, foram as estrelas da FleetBoston Celebrity Series, que se realizou na noite de sábado no Jordan Hall, de Boston.Manning disse que Mello produz sons extraordinários a partir de instrumentos exóticos, que vão de varetas de guarda-chuva, cascos de tartarugas e vasos de cerâmica até uma simples caixa de madeira. "Ele é um desses percussionistas que estão constantemente criando melodias, moldando os ritmos com a sensibilidade de um poeta e os colorindo com seus instrumentos", escreveu o crítico. E completou: "Suas composições são um cruzamento entre os estilos de Tom Jobim e Paul Winter".

Agencia Estado,

14 de fevereiro de 2001 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.