The Police se despede dos palcos em show repleto de surpresas

Sting, Andy Summers e Stewart Copeland colocaram ponto final na carreira diante de 19 mil fãs em Nova York

David Valenzuela, da Efe,

08 de agosto de 2008 | 11h51

A banda britânica The Police se despediu na quinta-feira, 7, dos palcos com um grande show no Madison Square Garden, em Nova York, em que não faltaram surpresas. Trinta anos depois do lançamento de seu primeiro disco, Sting, Andy Summers e Stewart Copeland colocaram um ponto final a uma carreira repleta de sucessos diante de 19 mil fãs. Foto: Reuters A despedida do Police foi marcada por um forte clima de nostalgia, mas em um ambiente de grande festa desde o início da apresentação. "Esta é uma noite muito especial e quero que seja muito louca. Mas, antes de começar com as loucuras, eu gostaria de dizer que foi uma enorme honra para mim voltar a ficar ao lado de dois grandes amigos", disse Sting no começo da apresentação, a última de uma turnê que começou em 2007 e que teve um de seus grandes momentos no Rio de Janeiro. Sting agradeceu a seus dois companheiros de banda pela amizade e compreensão, e também pela "grande paciência" de ambos. "Após 150 apresentações, não sei como não nos estrangulamos; mas isso não significa que isso não tenha passado pela minha cabeça", brincou. A última apresentação do Police começou com grandes sucessos da banda como Walking On The Moon, Voices Inside My Head e Don't Stand So Close To Me. Foto: AP A primeira grande surpresa do show aconteceu durante o primeiro intervalo da apresentação. Os telões instalados no Madison Square Garden mostraram imagens do camarim em que duas jovens atraentes começaram a barbear Sting, gerando risos e aplausos dos espectadores. A segunda surpresa da noite começou com os primeiros acordes do hit Message In a Bottle, em que o Police foi acompanhado pela orquestra do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD), levando os nova-iorquinos ao êxtase. A seqüência do show contou com outros grandes sucessos da banda, como Demolition Man, Driven To Tears e Every Little Thing She Does Is Magic, momento em que três das filhas de Sting subiram ao palco. Mostrando a mesma energia do começo da banda, o líder do Police passou toda a noite brincando com o público. "Fizemos apresentações para 3,7 milhões de pessoas. Esta noite vocês somam 19 mil pessoas, mas lembrem-se que representam toda essa gente, por isso quero ver suas mãos para o alto", disse. Após o hit Roxanne, o Police levou muitos de seus fãs às lágrimas como sucessos como Every Breath You Take, Can't Stand Losing You e I Guess This Is Our Last Goodbye. A histórica apresentação terminou com Next To You, e o Police se despediu de seu público com um abraço que reuniu três dos maiores nomes da música.

Tudo o que sabemos sobre:
The Police

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.