Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Teló e Cícero vencem premiação musical

Cada um saiu com dois troféus desta 19ª edição, que durou três horas, cansando convidados e espectadores

Roberta Pennafort / RIO,

19 de setembro de 2012 | 17h17

Michel Teló, o sucesso planetário que, estima-se, faturou perto de US$ 20 milhões em 2011, e Cícero, o garoto de voz sussurrada que mistura bossa nova e Los Hermanos, cujo disco foi gravado numa quitinete, não teriam nada em comum não tivessem saído do Prêmio Multishow, na madrugada desta terça-feira, 18, com dois troféus.

O sertanejo paranaense de topete arrepiado venceu nas categorias "música chiclete" (Ai se Eu te Pego) e "mais mais" (o artista mais "estourado" do ano); já o indie carioca de caracóis desgrenhados ficou em primeiro em "música compartilhada" (Canções de Apartamento) e versão do ano (Conversa de Botas Batidas, justamente dos Hermanos).

Teló, mais de 430 milhões de visualizações no YouTube, deve a vitória aos fãs; Cícero, ao júri especializado, formado por jornalistas e gente do meio musical. A premiação, outrora totalmente orientada pelo gosto jovem dos internautas, tentou equilibrar as preferências da massa e da crítica, o que se refletiu em escolhas de menor e maior densidade artística.

O chamado superjúri, formado por dez especialistas, premiou o show Recanto, de Gal Costa, e o CD novo de Tulipa Ruiz, Tudo Tanto, enquanto o público, pela internet, elegeu o show de Paula Fernandes e nomes superpopulares como NX Zero (melhor grupo) e Thiaguinho (melhor cantor). O pagodeiro, nos agradecimentos, chegou a confessar: "Eu conheço inúmeras pessoas que cantam mais do que eu".

Em sua 19.ª edição, o Prêmio Multishow, transmitido ao vivo pela emissora, atirou para todos os lados não só em relação aos eleitores, mas também nos números musicais, encontros entre artistas estabelecidos e novatos. Teve o momento tecnobrega paraense, com Gaby Amarantos, Felipe Cordeiro e Lia Sophia; o romântico, com Ana Carolina e a inglesa Jesuton; o roqueiro, com Erasmo Carlos e Filhos da Judith; o caipira, com Teló, Paula e a dupla Patrícia &Adriana...

Mas com as premiações em 16 categorias e as intervenções da dupla de apresentadores, a inspirada Ivete Sangalo e o humorista do elenco do canal Paulo Gustavo, o programa chegou a três horas de duração, terminando à 1h20, cansando convidados e espectadores, que espalharam reclamações nas redes sociais.

VOTAÇÃO DO PÚBLICO

Show

Paula Fernandes

Grupo

NX Zero

Música

Problemas, de Ana Carolina

Música chiclete

Ai se Eu te Pego, de Michel Teló

 
Tudo o que sabemos sobre:
Prêmio Multishowtelócícero

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.