Suspeito de assassinato do rapper XXXTentacion é preso na Flórida

Suspeito de assassinato do rapper XXXTentacion é preso na Flórida

Dedrick Williams, de 22 anos, foi detido na noite de quarta-feira, 20, dois dias depois que o rapper foi baleado e morto

Gina Cherelus, Reuters

21 Junho 2018 | 18h13

NOVA YORK - Um homem foi preso e acusado de assassinato por sua ligação com a morte do rapper norte-americano em ascensão XXXTentacion, que foi morto na Flórida na segunda-feira, 18, informou a polícia nesta quinta-feira, 21.

+++ Rapper XXXTentacion, de 20 anos, morre baleado em Miami

Dedrick Williams, de 22 anos, foi detido na noite de quarta-feira, 20, dois dias depois que XXXTentacion, cujo nome verdadeiro era Jahseh Dwayne Onfroy, foi baleado enquanto saía de uma concessionária de automóveis em Deerfield Beach, cerca de 64 quilômetros ao norte de Miami. 

A morte do rapper de 20 anos chocou a comunidade do hip hop e foi seguida por diversas homenagens na internet.

Dois homens fugiram do local do ataque em uma SUV escura depois de um deles abrir fogo durante uma possível tentativa de assalto, disseram investigadores. Não ficou claro de imediato se a polícia está procurando um segundo suspeito.

XXXTentacion, que nasceu em Plantation, na Flórida, lançou seu disco de estreia em agosto de 2017. Seu segundo álbum, ?, estreou no primeiro lugar da parada de discos Billboard 200 quando foi lançado em março.

Mais conteúdo sobre:
XXXTentacion homicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.