Susan Boyle deve retomar turnê após tirar 'dia de repouso'

Cantora vira celebridade mundial e tem tendo dificuldade em enfrentar as pressões da fama repentina

REUTERS

15 de junho de 2009 | 11h16

Susan Boyle, que ficou mundialmente famosa depois de cantar no programa de televisão "Britain's Got Talent", espera voltar ao palco na segunda-feira, depois de cancelar uma apresentação no fim de semana, em meio a preocupações com sua saúde.

A cantora amadora escocesa de 48 anos foi a segunda colocada no popular programa de revelação de talentos, e os finalistas do programa, incluindo Boyle, devem participar de uma turnê pelo país em junho.

Boyle, cuja primeira apresentação no "Britain's Got Talent" foi baixada na Internet cerca de 200 milhões de vezes, convertendo-a em celebridade mundial, vem tendo dificuldade em enfrentar as pressões que acompanham sua fama repentina.

Na fase que antecedeu a final do programa, ela irrompeu em lágrimas em vários momentos. Pouco depois de perder a final para a trupe de dança Diversity, ela foi internada numa clínica particular, sofrendo de exaustão.

Vista como estrela improvável devido a sua aparência nada glamourosa e seu comportamento idiossincrático, Boyle cantou no concerto de abertura da turnê de finalistas, na sexta-feira, em Birmingham, e novamente no sábado em Sheffield.

Mas no domingo ela deixou de comparecer, suscitando novos receios quanto a sua saúde mental.

"Ela deve voltar ao palco esta noite", disse uma porta-voz da turnê, acrescentando que ainda não foi decidido se Boyle vai apresentar-se em Glasgow, Escócia, seu país.

"No domingo ela foi aconselhada a tirar um dia de descanso. Ela não desistiu da turnê."

Depois do fim da turnê, a expectativa é que Boyle grave um álbum que chegará às lojas até o Natal.

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICASUSANBOYLE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.