Camila Cara/M Rossi
Camila Cara/M Rossi

Lollapalooza 2017: Suricato dedica show a bandas independentes e homenageia Bob Dylan e Chuck Berry

Com bom repertório autoral, banda mostrou segurança no palco

João Paulo Carvalho, O Estado de S.Paulo

25 Março 2017 | 16h00

Uma performance segura: assim pode ser classificado o show do Suricato, que se apresentou no Palco Skol na tarde deste sábado, 25, no Autódromo de Interlagos. Com canções autorais do álbum Sol-Te, o grupo mostrou confiança. O folk-rock da banda animou o público ainda modesto que chegava ao evento. "Agora uma canção nova para vocês. É sempre bom testar o repertório para uma galera tão legal assim", disse o vocalista Rodrigo Suricato antes de tocar a canção Admirável Estranho.

O Suricato ganhou destaque no cenário nacional após participar do reality musical SuperStar, em 2009. Com sangue rock 'n' roll nas veias, a banda encantou o público na ocasião com perfomances de Beatles e Steppenwolf. Animados com a oportunidade de se apresentar no Lollapalooza, os garotos também cantarolaram as primeiras estrofes de Blowin' in the Wind, de Bob Dylan, arrancando palmas entusiasmadas.

Rodrigo Suricato, que recentemente foi anunciado como novo vocalista do Barão Vermelho no lugar de Roberto Frejat, mostrou potência vocal ao homenagear Chuck Berry. "Eu queria tocar essa para Chuck Berry. Sem ele, jovens, esse festival não existiria", disse Rodrigo, que também lembrou das bandas independentes. "Dedico esse show a todas as bandas independentes do País, que tanto se esforçam para conseguir sobreviver de música e se ferram para caramba por aí", lembrou.

O Suricato pode não ser uma banda brilhante nas composições e, consequentemente, nos palcos. A segurança e simplicidade do grupo, entretanto, mostram que o rock nacional está bem representado. A sonoridade minimalista do conjunto deixou uma lição importante para os índies de plantão: menos é sempre mais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.