Suplicy pede show grátis de Bob Dylan no Ibirapuera

Senador enviou uma carta ao prefeito Gilberto Kassab, que prometeu tentar viabilizar a apresentação extra

Edmundo Leite - estadao.com.br,

29 Fevereiro 2008 | 23h00

Bob Dylan para todos. Com os preços salgados dos ingressos (de R$ 250 a R$ 900) privando muitos fãs até de sonhar em ver a lenda do rock nas duas apresentações da próxima semana em São Paulo, o senador petista Eduardo Suplicy sugeriu à Prefeitura de São Paulo que tente realizar um show gratuito com o cantor no Parque do Ibirapuera. A idéia do senador, fã ardoroso de Dylan e que costuma cantar a clássica 'Blowin' in the Wind' em público em várias ocasiões, é que se aproveite um dia livre na turnê sul-americana do artista para a apresentação ao ar livre.   Dylan fará dois shows no no Via Funchal nos dias 5 e 6 de março (quarta e quinta-feira), e depois segue para o do Rio de Janeiro, onde se apresenta no Rio Arena no sábado, dia 8. Após os shows no Brasil, Dylan tem apresentações marcadas no Chile (dia 11), Argentina (13, 15 e 18) e Uruguai (dia 20).   Segundo o senador, o prefeito   Gilberto Kassab  ligou para ele na noite de sexta-feira  e disse que colocou a São Paulo Turismo (SPturis) para estudar a viabilidade de realizar o concerto extra. O presidente da empresa, Caio Luiz de Carvalho, afirmou ao estadao.com.br que integrantes da SPturis se reuniriam na noite desta sexta-feira com os organizadores da turnê para consultar se haveria uma data disponível na agenda do artista. Se a resposta for positiva, patrocinadores bancariam a apresentação, disse Carvalho, que, no entanto, admite ser difícil conseguir programar um novo show "em cima da hora".   Bob Dylan, o poeta do rock  |  Site oficial  

Mais conteúdo sobre:
Bob Dylan Eduardo Suplicy

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.