Strokes, o início de um ano musical que promete

Esqueça o ano que se passou. Kanye West, Franz Ferdinand, Coldplay? Já eram. Se 2006 seguir a produção deste janeiro, vai ser difícil reservar espaço na prateleira de casa ou no HD do seu computador. O lançamento de First Impressions of Earth, terceiro álbum dos Strokes, é só o início. O álbum, que recebeu críticas mornas da imprensa, é a porta de entrada para o ano que promete. A EMI deve lançar no Brasil os ótimos With Love and Squalor, do trio americano We Are Scientists e Keys To the World, do ex-Verve Richard Ashcroft. O cantor voltou à boa forma e também a estampar as capas das principais publicações inglesas.Já a gravadora Slag deve trazer em março ao Brasil Whatever People Say I Am That´s What I´m Not, dos novos queridinhos da mídia, os Arctic Monkeys. O quarteto bateu o recorde de álbum britânico de estréia vendido mais rapidamente. Foram 363,735 mil unidades desovadas em uma semana. Antes disso, o álbum Everything Ecstatic, doFour Tet, chega por aqui. Tudo bem, o disco é de 2005, mas vale o registro. Já podemos fazer apostas para os melhores de 2006? Calma, em estúdio estão os sensacionais Killers, prometendo um álbum com as raízes americanas imersas na new wave. Fora os novos do Kaiser Chiefs, Radiohead, The Shins.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.