Stones lançam site junto com turnê

Os Rolling Stones entram de vez na era da tecnologia. Junto com a turnê anunciada na terça-feira, entra no ar o fãclube oficial da banda, no endereçohttp://www.rolllingstones.com. Quem comprar um ingresso ficasócio do clube, podendo acompanhar as transmissões de váriasapresentações e concorrer a prêmios. Também é possível entrar desócio para o fã-clube (mediante inscrição que custa US$ 50 ouUS$ 95) para ter vantagens na compra de ingressos e produtos dabanda.Ao anunciar a turnê que vai comemorar os 40 anos da banda, os Stones conseguiram mais uma vez promover um circo de publicidade. Mick Jagger, KeithRichards, Ron Woods e Charlie Watts desembarcaram de umdirigível num parque no bairro nova-iorquino do Bronx pararevelar os detalhes da série de shows que vão passar pelaAmérica do Norte, Oceania, Ásia e Europa - deixando a América doSul de lado. Os roqueiros quase sexagenários desta vez não se deramnem ao trabalho de gravar um novo disco: as apresentações vãoajudar a promover uma nova compilação de maiores hits. Entre as atrações de abertura da turnê, estão Sheryl Crowe Johnny Lang, que já excursionaram com a banda antes, e o NoDoubt. Outras participações devem ser anunciadas em breve.A banda, que entrou para o Guinness por fazer as três turnês com mais público da história (Steel Wheels, de 1989, VoodooLounge, de 1995, e Bridges to Babylon, de 1998), vai passar umano viajando. Em setembro, dias antes do primeiro show, emBoston, eles lançam o disco, com duas novas músicas que aindavão ser gravadas. No final da turnê, um livro que vai contar ahistória do grupo por meio de imagens dos arquivos pessoaisdeles chega ao mercado. No megaevento que marcou a anúncio dos shows, os Stones seguirama tradição de suas turnês anteriores (eles fecharam a EstaçãoGrand Central, em 1989, e a Ponte do Brooklyn, em 1998). Osmúsicos sobrevoaram Manhattan espremidos a bordo do dirigívelamarelo pintado com o famoso logo da língua e responderam, com poucaspalavras, algumas perguntas de um grupo de jornalistas internacionais. A novidade é que serão três shows "completamente diferentes",apresentados em estádios, ginásios e clubes. Algumas cidades,como Nova York, terão os três formatos. Serão usados cenários eefeitos distintos para cada montagem. Para evitar a compra deingressos por cambistas, um limite no número de tíquetes estásendo estipulado e, para os shows em clubes, a pessoa quecomprou vai ter de apresentar documentos para provar que é adona do ingresso.Com quase 40 anos de estrada, os Stones já passaram por váriasfases turbulentas, mas as diferenças parecem ter sido acertadase o clima entre os integrantes está mais próximo ao dos velhostempos. No evento que marcou o lançamento da turnê, Jagger disseque a banda pretende tocar músicas que nunca foram incluídas norepertório deles. "Queremos ir atrás de coisas que estãoesquecidas, mas ainda não começamos a pensar na lista", afirmouele. Richards disse que, a exemplo do que aconteceu na turnêpassada, a banda aceitará sugestões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.