Stones desistem de tocar na China

A novela dos shows dos Rolling Stones na China parece ter chegado ao fim, mas de forma melancólica. Depois de adiar apresentações marcadas para abril em Pequim e Xangai, a banda deveria fazer shows nestas cidades no próximo mês, mas desistiu. Segundo a BBC, a banda teve mais dificuldade do que imaginava para organizar o evento. Ao menos os shows de Hong Kong estão mantidos. As apresentações de 7 e 9 de novembro na cidade foram remarcadas depois de outra confusão. Os Stones haviam cancelado shows por lá devido à crise de pneumonia asiática (Sars) no começo deste ano. Mas o ano de 2003 não é nem de longe o início da longa história de amor e ódio entre os Rolling Stones e a China. Desde a década de 1970 a banda tenta tocar no país. Nos anos 60, Mick Jagger e companhia foram classificados como "poluição espiritual", numa época em que a China vivia o auge da revolução cultural, que restringiu a entrada da cultura ocidental no país. Mesmo hoje, em abril, o governo chinês proibiu a banda de tocar alguns de seus grandes sucessos, como Brown Sugar, Honky Tonk Woman, Beast of Burden e Let?s Spend the Night Together.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.