AP
AP

Stevie Wonder fará tributo a Nelson Mandela

No repertório, 'Keep our Love Alive', que ele gravou para sensibilizar opinião pública sobre apartheid

Jotabê Medeiros, O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2013 | 02h08

Não esperem em São Paulo a surpresa de ter Stevie Wonder tocando na porta de uma loja com um músico de rua - essa é só para os mais bem-aventurados. Stevie fará um show "curto" no Campo de Marte (se comparado com o que fez no ano passado em Copacabana), mas essencial. Ele tem previsto um repertório de 20 canções, incluindo as indispensáveis Master Blaster, Isn't She Lovely, Overjoyed, Don't You Worry about a Thing, You Are the Sunshine of My Life, Higher Ground, Ma Cherie Amour, Signed, Sealed, Delivered, Sir Duke e, obviamente, Superstition.

No meio de tudo, Stevie fará uma homenagem a Nelson Mandela, falecido no último dia 5 aos 95 anos, tocando Keep Our Love Alive. Eram muito amigos e Wonder cantou para ele em diversas circunstâncias, como a sua festa de 70 anos. Keep Our Love Alive é uma música de Stevie gravada em 1990 com o intuito de sensibilizar a opinião pública para a barbaridade que representava o apartheid na África do Sul.

Outros tributos que estarão presentes no show são para Michael Jackson, com a canção The Way You Make me Feel; The Christmas Song (que é uma homenagem ao trio de Nat King Cole) e For Once in My Life (cover de Jean Dushon).

Como o festival é uma jornada longa, a organização permitirá a entrada com alimentos para consumo próprio - serão admitidos alimentos industrializados lacrados; frutas cortadas e acondicionadas em embalagens transparentes não rígidas; e sanduíches em embalagens transparentes não rígidas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.