Chad Batka/The New York Times
Chad Batka/The New York Times

Stevie Wonder afirma que deixará os EUA devido à 'turbulência política' no país

Em entrevista para a jornalista Oprah Winfrey, o músico garantiu que sua decisão já foi tomada

EFE, Redação

23 de fevereiro de 2021 | 09h30

O cantor americano Stevie Wonder anunciou que vai fixar residência em Gana, na África, devido à turbulência política nos Estados Unidos.

O premiado cantor, natural de Michigan, disse que gostaria de ver seu país "sorrir" novamente "e quero vê-lo antes de viajar para Gana, porque vou fazer isso", insistiu.

Em entrevista para a jornalista Oprah Winfrey, o artista garantiu que sua decisão já foi tomada.

Winfrey perguntou a ele: "Você vai se mudar permanentemente para Gana?". E o cantor e compositor de 70 anos, cujo nome verdadeiro é Stevland Hardaway Morris, disse que sim.

O autor de sucessos como You Are the Sunshine of My Life ou I Just Called to Say I Love You enfatizou que não quer "que os filhos dos meus filhos digam: 'Oh, por favor, me respeite, por favor, eu sei que sou importante, por favor me valorize'. O que é isso?".

De acordo com a imprensa americana, esta não é a primeira vez que o cantor pensa em se mudar para Gana. Em 1994, ele disse que sentia que havia "mais senso de comunidade" naquele país do que nos Estados Unidos.

Wonder, natural de Michigan, aprendeu a tocar piano, bateria e gaita aos 9 anos e assinou contrato com a Motown em 1961. Desde então, ele ganhou 25 prêmios Grammy, um prêmio honorário, e foi indicado 74 vezes. 

Tudo o que sabemos sobre:
Stevie WondermúsicaOprah Winfrey

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.