Stanley Jordan inaugura "Guitar Night" no Via Funchal

Pela décima vez no Brasil, o guitarrista americano Stanley Jordan faz única apresentação hoje, em São Paulo. O virtuoso jazzista nunca escondeu sua paixão pelo País e pela nossa música. "Sou um grande fã do Brasil", derrete-se, em entrevista ao Estado. "Vou aonde a boa música está. E o Brasil é um dos países mais ricos nesse sentido." Segundo Jordan, o que mais o impressiona na música brasileira é o fato de ela conseguir ser tão interessante, sofisticada e, ao mesmo tempo, popular. "Dois exemplos que refletem muito bem isso são Gilberto Gil e Milton Nascimento", reverencia. O guitarrista planeja gravar um CD só com músicos brasileiros, mas não há nada concreto por enquanto. Mais próximo de se tornar real será um DVD com imagens do show que ele gravou em Búzios, no Rio, e que pretende lançar em breve. No Via Funchal, Stanley Jordan inaugura o projeto Guitar Night. A proposta é que, a cada edição, seja apresentado um nome importante da música internacional. A abertura ficará sempre a cargo de dois músicos nacionais. Hoje as honras da casa estarão nas mãos do guitarrista Victor Biglione (um argentino cuja escolha é justificada por sua "alma brasileira", já que vive por aqui há mais de 20 anos) e do tecladista Philippe Baden Powell. Filho do violonista Baden Powell, Philippe é considerado um exímio pianista, um representante da música instrumental contemporânea. Stanley Jordan - No Via Funchal, Rua Funchal, 65, Vila Olímpia, 2163-2000. Hoje, às 21h30. R$ 30 a R$ 120.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.