Springsteen faz canção para imigrante assassinado

No show que fará semana que vem em Nova York, Bruce Springsteen apresentará nova música a seus fãs. Trata-se de American Skin, inspirada na morte de Amadou Diallo, imigrante africano, desarmado, brutalmente assassinado pela polícia nova iorquina. O artista resolveu escrever a canção após perceber o quanto o caso comoveu - e ainda comove - a nação de seu país. American Skin faz referência explícita ao caso de Diallo, cujo assassinato ocorreu em fevereiro de 1999. O imigrante foi assassinado por carregar nas mãos uma pasta. Ele caminhava por uma viela quando foi abordado pelos oficiais. Ao avistarem o rapaz, que carregava algo nas mãos, os policiais atiraram. Justificaram o crime dizendo que acharam que Diallo porta-se uma arma e não uma pasta. Em seu corpo foram encontradas 41 balas. O tema foi tocado em recital pela primeira vez dia 4 de julho em Atlanta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.