Springsteen critica Ticketmaster por venda de ingressos

Cantor ficou 'furioso' pelo fato dos fãs terem sido direcionados para comprar em outro site com preço abusivo

EFE,

06 de fevereiro de 2009 | 14h11

Bruce Springsteen disse nesta sexta, 6, que está "furioso" com a Ticketmaster, a empresa que vende os ingressos para sua próxima turnê, após descobrir que muitos fãs foram direcionados para outro site e pagaram um preço três ou quatro vezes maior que os estipulados originalmente. Veja também:Fãs de Bruce Springsteen ficam sem ingressos por erro em site O site do cantor publicou um comunicado em nome do astro e da equipe que organiza a turnê Working on a Dream, no qual asseguram estar "furiosos com o abuso da confiança" que eles e os fãs haviam "depositado na Ticketmaster". A equipe de Springsteen denuncia que, na segunda-feira, quase imediatamente após os ingressos para os shows de Long Island e Nova Jersey começarem a ser vendidos, e quando ainda havia localidades ao preço nominal, a Ticketmaster desviou o público ao local de revenda que lhe pertence, o TicketsNow. No comunicado, a organização da turnê de Springsteen condena esta prática e desmente os rumores que falavam de uma participação da equipe do cantor na venda de ingressos, ou mesmo de cobrar comissão nos lugares de revenda. "Isto foi um conflito de interesses. Pedimos à Ticketmaster que acabe imediatamente com o desvio ao TicketsNow, e eliminaram os links conflituosos e prometeram não voltar a fazer isso no futuro", destaca o comunicado. O site do cantor reproduz a carta de desculpa que a Ticketmaster dirigiu a toda a sua equipe, na qual o diretor-executivo da empresa, Irving Azoff, afirma que tentavam "oferecer mais opções aos fãs quando as entradas que pediram não estavam disponíveis", e reconhece que foi "um claro erro". A companhia assegurou ainda que reembolsará a diferença entre o valor dos ingressos e o que os clientes pagaram na revenda, no caso de terem achado que estavam pagando o preço original.

Tudo o que sabemos sobre:
Bruce SpringsteenTicketmaster

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.