SP tem música para todas as tribos no fim de semana

São Paulo é uma torre de babel musical. Pelo menos de hoje a domingo será assim: não é todo final de semana que o paulistano tem a chance de assistir a shows de pop argentino, heavy metal finlandês, rap chileno ou francês, rock californiano e música popular brasileira. Pois a cidade recebe shows de todos esses gêneros e oferece ainda um bom leque de opções para quem gosta de pop rock brasileiro. Estarão na cidade três grandes nomes do estilo: Jota Quest, Paralamas do Sucesso e Lulu Santos.De todos os artistas que se apresentam, no entanto, o mais badalado é o grupo The Calling, da Califórnia. Liderado pelo vocalista Alex Band e pelo guitarrista Aaron Kamin, a banda deve arrastar ao Via Funchal uma legião de adolescentes loucas para ouvir e cantar hits radiofônicos como Wherever You Will Go e Adrienne. Outra atração internacional peso pesado é o quinteto finlandês de heavy metal Stratovarius. Com 11 álbuns gravados e dez anos de carreira, o grupo é cultuado pelos metaleiros e, provavelmente, fará o Olympia estremecer hoje e amanhã.O argentino Fito Paez, um dos mais populares compositores de seu país, reforça o time de atrações estrangeiras e convoca o brasileiro Nando Reis para um participação especial em uma de suas apresentações.Opções também não faltam para os apreciadores do hip-hop. Para contestar a tese de que só nos Estados Unidos se faz rap de qualidade, o brasileira Rappin´ Hood, os chilenos do Tiro de Gracia, as argentinas do Actitud Maria Martha e o francês Pyroman exibirão por aqui uma pequena amostra da produção do gênero de seus respectivos países. Os três primeiros se apresentam juntos no Festival Latinidades, do Sesc. Hoje, no Sesc Ipiranga, o show é de graça.E, finalmente, representando a música popular brasileira, o maranhense Zeca Baleiro mostra o repertório de seu último disco (Pet Shop Mundo Cão) hoje e amanhã, de graça, no Instituto Itaú Cultural.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.